Um procedimento de limpeza do intestino grosso, a hidrocolonterapia funciona quando se insere água morna filtrada e purificada através do ânus do paciente, isso faz com que as fezes acumuladas sejam eliminadas, junto com as toxinas do corpo.

Desse modo, este tratamento natural é utilizado muitas vezes no combate à prisão de ventre, além de sintomas de inchaço na barriga, no entanto, é muitas vezes indicado também no preparo para cirurgias ou até mesmo no alívio de sintomas de doenças infecciosas, reumáticas, inflamatórias, articulares e musculares, por exemplo.

Mas é importante entender que este procedimento é diferente do edema. O edema, de maneira geral, apenas elimina as fezes da porção inicial do intestino do paciente, já a hidrocolonterapia faz uma limpeza intestinal completa.

Como é feita a hidrocolonterapia

A hidrocolonterapia é feita através de um aparelho especial e ele deve ser operado apenas por um profissional da saúde. Alguns passos são seguidos durante o processo do tratamento. São eles:

– Um lubrificante à base de água é colocado no ânus e equipamento;

– Introdução de um tubo fino no ânus para a água passar;

– O fluxo de água é interrompido quando a pessoa se sente desconfortável na região da barriga ou também se houver aumento da pressão;

– Uma massagem abdominal é realizada para facilitar a saída das fezes;

– As fezes e toxinas são removidas através de outro tubo ligado ao tubo da água;

– Um novo fluxo de água é aberto no interior do intestino.

De maneira geral, o processo costuma durar cerca de 20 minutos, e aqui, durante esse tempo, haverá a repetição dos dois últimos passos, até que a água que está sendo retirada saia limpa e sem fezes, isso significa que o intestino também está limpo.

Onde fazer hidrocolonterapia

A hidrocolonterapia só pode ser feita em locais apropriados, como hospitais, SPAs e clínicas especializadas. Mas antes de realizar é muito importante marcar uma consulta com um gastroenterologista antes do tratamento, isso faz com que esse tipo de procedimento seja aliviado, sendo seguro para cada tipo de situação.

Pessoas que não devem fazer hidrocolonterapia

Muito utilizada para diminuir sintomas de alguns problemas gastrointestinais, a hidrocolonterapia trata o intestino irritável, inchaço abdominal e prisão de ventre. Mas é importante entender que esse tratamento não deve ser realizado caso a pessoa tenha:

– Pressão alta descontrolada;

– Doença de Crohn;

– Anemia severa;

– Hemorróidas;

– Insuficiência renal;

– Hérnias abdominais;

– Sangramento intestinal.

– Doenças do fígado.

Fora isso, a hidrocolonterapia não deve ser realizada também durante a gravidez. Aqui, principalmente se o obstetra não tiver conhecimento do tratamento. Ou seja, como falamos anteriormente, sempre consulte o seu médico, além de um profissional especializado na área. Isso faz com que você não conte com nenhum problema durante e depois do tratamento de hidrocolonterapia.

Aqui na Saúde com Ozônio você garante o que há de melhor na medicina holística, tendo acesso a tudo sobre ozonioterapia e hidrocolonterapia. Confira!

 

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *