Telefone: (11) 2247-9516
WhatsApp (11) 9 4217-9658
Destoxificação, Saúde em geral

Por que o açúcar faz mal para saúde? Entenda os efeitos no corpo

Você sabe por que o açúcar faz mal para a saúde? Certamente você já leu na internet ou ouviu de médicos o quanto o açúcar processado é ruim para o organismo, mas você sabe as razões?

É comum as pessoas associarem a ingestão de açúcar apenas ao açúcar branco, aquele que é em pó e fica na açucareira. Porém existem outras formas.

Uma dessas variações é o açúcar refinado, um tipo de produto que existe em muitos alimentos ingeridos diariamente, sendo que ele é imperceptível para o nosso paladar.

E isso é um problema, pois, além do açúcar branco que é usado para adoçar o café e outras bebidas rotineiramente, ainda consumimos o açúcar processado através do pão, arroz, macarrão e de outros alimentos.

Portanto, é importante saber como o açúcar age no organismo e evitar danos que ele possa trazer.

No post de hoje, você vai entender como o açúcar pode afetar a sua saúde e uma forma prática de amenizar os malefícios desse consumo.

Os malefícios do consumo frequente de açúcar

O açúcar em si não é considerado uma substância prejudicial. Porém, até que ele chegue em cada lar, existe um longo processamento de industrialização.

O açúcar processado perde todos os seus nutrientes no processo químico de refinação e tudo o que resta nele são as calorias e carboidratos. Esse processamento é a grande razão pela qual o açúcar faz mal para saúde.

Além disso, listamos aqui os principais malefícios de por que o açúcar faz mal para a saúde. Veja quais são:

Aumento de peso

Entre tantas razões, o açúcar é um dos vilões do aumento de peso justamente por interferir na ingestão dos alimentos.

Quando se consome o açúcar processado, picos e quedas de glicemia acontecem no organismo de forma repentina, essa oscilação faz o corpo entrar em um estado de ciclo vicioso. Sempre que acontece a queda da glicemia, o organismo começa a sentir a necessidade pelo alimento.

Uma dica para evitar de ganhar peso é melhorar a digestão com o programa de detox, além é claro, da diminuição do consumo de açúcar. Dessa maneira seu corpo vai evitar períodos de pico e queda da glicemia.

Cáries

O surgimento de cáries é um dos malefícios mais conhecidos. Desde criança se sabe que doce demais faz mal aos dentes.

O que ocorre quando se tem uma cárie é uma transformação do açúcar pelas bactérias presentes na boca, transformando-o em ácidos que atacam e enfraquecem os dentes.

Além disso, o excesso de açúcar também contribui para o aumento de bactérias e o mau hálito da boca.

Má condição da pele

Se existe a indicação de alimentos que ajudam a manter uma pele mais saudável e bonita, também existem alimentos que precisam ser evitados. E nessa lista está também o açúcar.

A ingestão de muita açúcar processado pode deixar a pele mais enrugada e opaca.

Quanto mais glicose no organismo, mais a elasticidade da pele é prejudicada. Esse processo resulta em flacidez, rugas e uma aparência envelhecida.

Dores nas articulações

Para pessoas que já sofrem com as dores nas articulações, evitar o consumo de açúcar pode ajudar na diminuição dessas dores.

Pois, quando existe excesso de açúcar no organismo, as inflamações nos tecidos são intensificadas resultando diretamente nas articulações.

Doenças como a artrite, por exemplo, podem se intensificar devido ao açúcar no organismo.

Depressão e ansiedade

Quando se fala nos malefícios de algum alimento, lembra-se sempre do organismo, mas o psicológico também pode ser afetado.

A depressão e a ansiedade podem ser intensificadas pelo consumo excessivo de açúcar.

Isso acontece pois o cérebro entende o açúcar como uma fonte de prazer e bem-estar. O excesso de ingestão de açúcar pode resultar em um nível de dependência, podendo posteriormente, tornar-se gatilho para ansiedade e depressão.

Controlar a quantidade de açúcar ingerida no dia, é também uma forma de evitar as fontes que causam ansiedade e depressão.

Mau funcionamento do intestino

Uma das principais razões pela qual o açúcar faz mal para a saúde está no funcionamento do intestino. O excesso no consumo de alimentos com açúcar pode trazer graves consequências ao processo digestivo.

O mau funcionamento do intestino está relacionado com a fermentação do açúcar. Este processo é capaz de destruir as bactérias que são positivas para o funcionamento do intestino.

Por isso, além da redução do açúcar, é importante também remover as toxinas e alérgenos do intestino através do procedimento de hidrocolonterapia, pois a destruição das boas bactérias podem contribuir para o aumento dos parasitas intestinais.

Gastrite

A digestão do açúcar eleva a fermentação do intestino, podendo causar o desconforto do fundo gástrico e dor na região da barriga.

O açúcar está na lista dos alimentos que também são responsáveis por estimular a produção de secreção do ácido gástrico, resultando na gastrite.

Diabetes

De todos os malefícios que o consumo excessivo de açúcar pode trazer, a diabetes é com certeza o mais conhecido.

Para os diabéticos, o consumo exagerado de açúcar pode descontrolar o nível da glicose e resultar no quadro de hiperglicemia. Além disso, os resultados dessas mudanças no organismo podem resultar em consequências gravíssimas.

A desidratação e até mesmo a possibilidade da perda de visão e de um coma, são consequências que o diabético pode sofrer pela ingestão de açúcar.

Colesterol alto

Alimentos como o açúcar processado favorecem o acúmulo de gordura nos vasos sanguíneos, isso pode acabar interrompendo o fluxo correto de sangue para as principais regiões do corpo.

Algumas das regiões que podem sofrer pelo acúmulo de gordura na parede dos vasos sanguíneos, são, os rins, coração e cérebro. Além disso, também existe o risco de acidente vascular e trombose.

Envelhecimento precoce

Uma pele com altos índices de glicação, substância produzida a partir do excesso do consumo do açúcar, pode facilmente ganhar a aparência de uma pele mal cuidada.

Linhas de expressão, rugas, acne e até mesmo o inchaço podem ser listados como uma das consequências do excesso de açúcar no organismo.

Por que o açúcar vicia o cérebro?

Mesmo com tantos malefícios que o consumo de açúcar traz para o paladar humano, ele ainda é visto como indispensável na alimentação.

Isso ocorre, pois quando o organismo entra em contato com o açúcar, há um estímulo para a produção da dopamina, o hormônio da felicidade.

Logo, se a dopamina desperta a sensação de prazer e de bem-estar, o natural é que se sinta ainda mais vontade de ingerir açúcar.

Lembra que o açúcar processado também tem interferência na ansiedade e na depressão? Então, isso também tem relação com o momento de bem-estar que o açúcar causa no cérebro.

Ainda que para algumas pessoas os alimentos açucarados possam ser fonte de alívio para o estresse, é importante acompanhar e validar as reações do corpo e do cérebro.

Um cérebro viciado em açúcar pode desencadear, além da própria ansiedade, muitos problemas de saúde.

Quantidade recomendada para o consumo do açúcar

Apesar dos malefícios, existem recomendações para o consumo do açúcar. Afinal, os problemas citados até agora vão surgir com o excesso do açúcar e não com uma dose isolada.

O ideal é que se consuma por dia uma porção de apenas 25g de açúcar refinado. Essa quantidade equivale a uma colher de sopa cheia.

Mas, existem no mercado outros tipos de açúcar, como, por exemplo o mascavo, esse muito menos industrializado.

Inclusive o mel que pode ser uma alternativa, pois ele tem em sua composição maiores quantidades de vitaminas e de minerais. Além de poder substituir o açúcar em receitas de suco detox.

O programa Detox e seus benefícios para o corpo

Entre tantas razões para se fazer um programa de detox no corpo, está a limpeza profunda do organismo. O detox tem como principal objetivo eliminar as substâncias químicas e moléculas que o corpo entende como sendo um invasor.

Ao longo do tempo, nosso corpo vai absorvendo impurezas que se acumulam no organismo e como alternativa para essa limpeza existe a desintoxicação do corpo.

O detox deve ser feito com o suporte de um especialista que oriente e acompanhe todo o processo. Dessa maneira os resultados para a saúde são alcançados com mais assertividade.

O detox no corpo contribui também para eliminar o excesso de açúcar que o organismo absorve, e que pode resultar em todos os malefícios listados aqui.

Além disso, com o processo de detox no corpo, você também se beneficia de outras ações do programa, como, por exemplo, a redução do diabetes, a redução do peso e a limpeza orgânica do sistema digestivo.

Para conhecer mais alternativas de saúde e bem-estar, continue acompanhando as atualizações do blog da Saúde com Ozônio e veja também o site Detox Dr. Ozônio3 para conhecer mais benefícios do detox no corpo.

Comentários

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *