Telefone: (11) 2247-9516
WhatsApp (11) 9 4217-9658
Ortopedia, Saúde em geral

Postura correta no exercício físico: o que você precisa saber?

Você observa a sua postura no exercício físico? Consegue identificar quando uma postura não está correta? Praticar atividades físicas é importante para a saúde. Porém quando não é realizado com a postura adequada, os objetivos com as atividades podem não ser alcançados.

Além disso, também existe um grande risco de acontecerem lesões se a postura no exercício físico não for mantida corretamente durante toda a prática.

Então, antes mesmo de começar qualquer atividade e tentar encontrar a postura correta, é importante que se faça alongamento. Assim você estará evitando lesões e terá melhores resultados com as atividades.

Para cada atividade feita uma postura diferente será exigida pelo corpo, seja praticando musculação ou fazendo caminhadas, o importante é sempre perceber se existe algum incômodo ou dor que vá além do comum e que possa dificultar a execução da atividade.

Contar com a orientação de profissionais e observar o corpo são sempre recomendados, mas existem outras informações importantes a se considerar sobre a postura correta no exercício físico.

Veja o conteúdo até o final e descubra se a sua postura está adequada para que as lesões sejam evitadas. Boa leitura.

A importância da postura no exercício físico

A postura correta faz a diferença, não só na hora de fazer um exercício físico, mas também em toda sua rotina.

Isso quer dizer que a postura deve ser observada a todo momento, desde a maneira de caminhar, de usar o celular, de fazer uma leitura e até mesmo na hora de se sentar.

A postura irregular é um fator importante que pode dar início a incômodos musculares, dores crônicas e sérias lesões.

Portanto, além das observações diárias, é de grande importância que a postura também seja priorizada na hora de fazer os exercícios. Pois é nesse momento que o corpo está mais propenso a sofrer fortes impactos.

E pensando na prática das atividades, além da postura adequada evitar sérias lesões, ela também é importante para potencializar os resultados dos exercícios.

Quando a postura no exercício físico é adotada, um melhor equilíbrio acontece entre os ossos e os músculos, gerando suporte para a estrutura do corpo e diminuindo a sobrecarga nas articulações.

As lesões que podem ser causadas pela má postura

Para as pessoas que não se atentam à postura correta, é normal chegarem ao final do dia e sentirem alguns incômodos musculares.Isso acontece sempre que o corpo recebe uma sobrecarga e pode resultar em alguns tipos de lesão.

Pode-se dividir as lesões musculares em dois tipos: as lesões intrínsecas e as lesões extrínsecas.

Na lesão intrínseca as causas derivam de fatores individuais e biológicos como histórico na prática de exercícios, disfunções musculares e o condicionamento físico de cada um.

Já na lesão extrínseca estão os fatores externos que podem contribuir para que uma pessoa sinta dores musculares. Entre esses fatores estão os equipamentos usados de maneira incorreta e a postura não adequada.

Sendo a lesão extrínseca dependente apenas de fatores externos e que não tem ligação nenhuma com a saúde ou com o condicionamento físico, é importante se precaver ao máximo para evitar essas lesões.

Até porque, a má postura no exercício físico pode se transformar em graves consequências e em lesões como:

  • Cãibras;
  • Contusões
  • Estiramentos;
  • Tendinite;
  • Fraturas;
  • Luxações.

Além disso, a dor pode ser intensa e fazer surgir a necessidade de intervenção cirúrgica.

Além disso, a dor pode ser intensa e fazer surgir a necessidade de intervenção cirúrgica.

Fora as lesões que podem ser sentidas no exato momento da atividade física ou após algumas horas, também existem outras consequências da má postura durante o exercício:

  • Assimetrias e desequilíbrios que se resultam em nós de tensão muscular;
  • Enfraquecimento da musculatura mais profunda e estabilizadora;
  • Dificuldade com os processos respiratórios;
  • Comprometimento na força do músculo;
  • Dificuldade na amplitude dos movimentos na hora de fazer o exercício;
  • Sobrecarga das articulações, tendões e ligamentos.

Pode parecer pouca coisa, mas a má postura acarreta problemas para a saúde e para o bom funcionamento do corpo, principalmente na execução do exercício físico.

Portanto, além do cuidado constante com a postura, poder contar também com um tratamento que seja terapêutico e complementar, como é feito com as vias de aplicação da ozonioterapia é de grande ajuda para se evitar as lesões.

O que é uma boa postura e qual a postura correta para exercícios

Importante começar ressaltando que não sentir dores e desconfortos são ótimos indícios de que a postura está correta, mas no momento de fazer o exercício, como saber a postura ideal?

Primeiro, é preciso entender que por postura, entende-se que é o conjunto de posições que são adotadas por diferentes articulações do corpo.

Quando o corpo está na postura adequada, acontece um alinhamento corporal que permite maior flexibilidade biomecânica e fisiológica do corpo.

Esse perfeito alinhamento é a barreira para que as sobrecargas e o estresse mecânico das articulações não sofram impactos que possam causar lesões.

Manter a postura correta durante a prática dos exercícios físicos gera impactos positivos não só na prevenção de lesões, como também ajuda a melhorar o seu desempenho físico e esportivo.

Veja algumas dicas de postura correta para alguns exercícios:

Corrida e esteira

Importante lembrar que a esteira serve para simular uma caminhada ou uma corrida ao ar livre, portanto, ainda que exista o suporte na lateral, evite o máximo segurá-los enquanto caminha.

Depois, observe a postura em relação à inclinação da coluna, seja para trás ou para frente, pois o indicado é que ela fique o mais reto possível.

Observar o joelho para não dobrar demais também é importante. Então, não estique o joelho por completo e mantenha sempre a perna ligeiramente dobrada.

A dica é ir se acostumando com o ritmo da esteira e só mudar a velocidade quando você sentir confiança. Lembrando que, assim como as caminhadas na rua, o calcanhar deve chegar ao chão antes da ponta do pé, pois assim, o peso do corpo será distribuído.

Musculação

Visto que fazer musculação na academia vai sempre envolver diferentes equipamentos e diferentes partes do corpo, é muito importante que a postura no exercício físico seja observada com frequência.

Antes de mais nada, conte sempre com a ajuda de um profissional para a orientação de cada exercício e depois, observe alguns padrões, como, por exemplo, ao usar a barra.

Para o exercício da barra, considere deixar sempre a coluna reta e o abdômen o mais contraído possível. Essa pequena mudança na maneira de fazer a execução já impede a sobrecarga nas costas.

Bicicleta ergométrica

Na bicicleta ergométrica, a primeira coisa a se fazer é regular o equipamento e deixar ajustado com as suas medidas.

O banco precisa estar na altura que seja possível a realização do exercício sem sacrifícios e desconfortos. O pedal também precisa estar ajustado para que o movimento de pedalar seja natural.

E o guidão precisa estar ao seu alcance sem que você precise se inclinar totalmente para a frente para pegá-lo.

Na hora de efetivamente pedalar, o joelho deve estar levemente curvado. É sempre importante lembrar que nesse exercício, a coluna deve estar sempre ereta, pois, com ela inclinada aumentarão as chances de acontecer lesões durante o exercício físico.

Como a ozonioterapia pode auxiliar nas consequências da má postura

Cãibras, dores fortes por algumas horas e até mesmo a necessidade de intervenção cirúrgica são consequências também da má postura no exercício físico que faz gerar impactos diretamente nas articulações.

Sabendo que as pessoas que praticam atividades físicas diariamente têm maiores chances de sofrer lesões musculares, mesmo as mais simples, é sempre importante poder contar com formas complementares de passar pelo tratamento e pela recuperação.

A ozonioterapia pode auxiliar atletas e praticantes de exercícios com bastante excelência. Alguns dos benefícios em se usar o gás de ozônio no tratamento e na recuperação muscular são:

  • Ajuda no combate de inflamações no corpo;
  • Acelera a recuperação de lesões;
  • Impede o surgimento de novos problemas musculares;
  • Ajuda no aumento do desempenho físico.

Além disso, todo o tratamento que é feito com a ozonioterapia é prático, rápido e já é possível sentir o bem-estar que o gás de ozônio proporciona nas primeiras aplicações.

Cuidar e observar com constância a postura no exercício físico é fundamental para que as lesões musculares sejam evitadas, mas poder contar com terapias como a ozonioterapia também é relevante para se manter em movimento com os exercícios sem se colocar em risco.

E depois de todas essas informações, você consegue entender a importância da boa postura durante o exercício físico?

Se antes a postura era algo que você observava somente nas horas de trabalho, agora, você também observará a forma como a sua coluna fica e como é a sua postura durante as realização de atividades cotidianas.

Mas, além de entender a importância de observar a própria postura com mais atenção, você também encontra aqui no blog, outras informações relevantes para manter uma boa saúde e uma boa qualidade de vida.

Então, continue acompanhando o blog da Saúde com Ozônio e veja também os conteúdos no site do Detox Dr. Ozônio3 para conhecer mais dos muitos benefícios do tratamento com a ozononioterapia.

Comentários

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *