Telefone: (11) 2247-9516
WhatsApp (11) 9 4217-9658
Ozônio, Ozonioterapia, Saúde em geral

Recuperação de rinoplastia: descubra como o ozônio pode ajudar!

Você sabia que a ozonioterapia pode ajudar no processo de recuperação de rinoplastia? Neste post, vamos explicar como funciona o processo pós-operatório e que vantagens a terapia com ozônio pode proporcionar aos pacientes.

Prossiga com a leitura e saiba tudo!

Como funciona a recuperação de rinoplastia

Seja por questões funcionais ou estéticas, a cirurgia do nariz (rinoplastia) é bastante delicada devido a sua região. Algumas pessoas recorrem a ela para melhorar a aparência, enquanto outras buscam alívio para as dificuldades respiratórias provocadas por anormalidades na estrutura.

A rinoplastia geralmente é invasiva, sendo que a parte interna do nariz, como cartilagens e os ossos, são manipulados pelo cirurgião.

A recuperação e o pós-operatório da rinoplastia são um pouco diferente das demais cirurgias, já que esta é uma das regiões do corpo que mais demora para cicatrizar e desinchar após a cirurgia.

Quando o paciente segue as recomendações e os cuidados indicados pelo cirurgião, em cerca de 30 dias é possível notar 95% do resultado do procedimento, conforme a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

A recuperação da rinoplastia depende bastante da proteção da estrutura da narina, sendo que o paciente deve usar um tampão ou gesso interno, além de fazer curativos.

Nos primeiros dois dias depois da cirurgia, podem ocorrer sangramentos. Neste caso, é indicado o uso de uma bolsa de gelo sobre o nariz se a frequência for muito intensa. Outro sintoma comum é a obstrução nasal nas primeiras semanas. Se a respiração ficar comprometida, é autorizado o uso de soro fisiológico para realizar a limpeza das narinas.

Banhos quentes, atividades físicas ou qualquer outro movimento de esforço devem ser evitados na primeira semana pós-cirurgia. Durante o processo de recuperação de rinoplastia também é normal sentir dor, incômodo, inchaço ou escurecimento na região.

Uma alternativa para aliviar as dores e ajudar na recuperação de rinoplastia é a ozonioterapia, que veremos a seguir.

O papel da ozonioterapia durante a recuperação de cirurgias plásticas

Como qualquer cirurgia, a recuperação de rinoplastia envolve uma série de cuidados. Neste caso, a ozonioterapia pode agir no controle de inchaços, edemas e dores. Isso porque a terapia com gás ozônio age nos processos inflamatórios e sistema imunológico do paciente. Ela pode, inclusive, reduzir o tempo na recuperação do paciente.

O indicado é começar o tratamento com a ozonioterapia o quanto antes, 24h a 48h após o procedimento estético.

Sua biomodulação sistêmica contribui para diminuir a ansiedade e melhorar o sono do paciente, condições estas imprescindíveis na recuperação de rinoplastia.

Outra vantagem da ozonioterapia é que ela trabalha no controle da cicatrização e edemas, garantindo um visual estético melhor no pós-operatório. Por neutralizar fungos, bactérias, vírus e outros patogênicos, ela se difere de muitos medicamentos.

Sabonete líquido e óleos ozonizados podem ser indicados para o uso antes de depois do tratamento. Mas ele pode ainda ser aplicado subcutaneamente, intravenosamente ou intramuscularmente.

Por fim, como se trata de uma terapia à base de oxigênio medicinal, dificilmente causará efeitos colaterais expressivos.

Gostou deste assunto? No blog da Saúde com Ozônio tem muitos outros conteúdos. Aproveite ainda e faça uma visita ao site Emagrecer Dr. Ozônio3.

Comentários

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *