Telefone: (11) 2247-9516
WhatsApp (11) 9 4217-9658
Destoxificação, Saúde em geral

Veja 10 dicas para melhorar seu desempenho físico e esportivo!

Você consegue perceber uma relação entre o seu desempenho físico e esportivo com o seu modo de pensar?

Não sabe exatamente o que refletir ou responder com essa questão? Eu explico!

Para o mínimo funcionamento do nosso corpo é preciso que o cérebro envie o comando necessário para que assim seja feito.

Pode ser para erguer um braço, piscar o olho, caminhar e até mesmo para tomar uma decisão de mudança de hábitos. Tudo! Exatamente tudo passa pelo cérebro antes de acontecer.

E mesmo que tudo aconteça de forma muito automática a ponto de não percebermos essas conexões e comandos pelo corpo, eles estão sempre acontecendo e para melhorar o desempenho físico e esportivo

não é diferente.

Pensando no lado prático da situação, uma pessoa que faz a prática de atividades físicas com regularidade, pode buscar alternativas externas e procurar entender como a ozonioterapia pode auxiliar atletas, por exemplo, mas somente isso não seria suficiente para melhorar o seu desempenho.

O tratamento terapêutico com o gás de ozônio tem grandes benefícios e traz ótimos retornos para os atletas e para o cuidado com outras doenças, mas, para além dos recursos externos, é preciso que o lado de dentro, o lado mental também esteja em constante vigilância.

O cérebro é realmente esperto o suficiente para entender quando uma atividade irá tirar o corpo da zona de conforto e exigir um uso maior de energia, portanto, começar observando as frases que você repete diariamente a si próprio é o primeiro passo.

Usar expressões como:

  • Eu tenho que;
  • Eu preciso;
  • É um sacrifício.

Pode parecer inofensivo, mas, na verdade, esses são pequenos comandos de gatilhos para que o seu cérebro entenda que tal atividade irá desgastar demais a sua energia, por isso, ele vai instantaneamente encontrar meios de fazer com que você desista daquela ideia.

Preguiça, procrastinação e perda de foco têm entre suas várias razões os comandos que o cérebro emite com frequência, por isso, se melhorar o seu desempenho físico e esportivo é a intenção, comece então observando o seu modo de pensar e de se comunicar com você mesmo.

O que é o desempenho físico e esportivo

Já que entre as dicas de como melhorar o desempenho físico e esportivo estão as questões que envolvem também o mental, é importante dizer que o conceito de desempenho físico é a junção das características mentais e físicas de uma pessoa.

A soma desses dois lados, o físico e o mental junto com algumas características que podem vir tanto do material genético materno quanto do paterno é o que vai ditar o nível de desempenho físico e esportivo de uma pessoa.

Algumas características podem ser aprendidas ao longo da vida, como, por exemplo, a habilidade da velocidade ou as técnicas de respiração que interferem diretamente no desempenho na hora de executar uma atividade, por exemplo.

Mas, antes que qualquer característica possa ser aprendida ou que o ambiente interfira nesse desempenho, existem também outros fatores que são influenciadores no quanto uma pessoa pode desempenhar bem os esforços físicos e mentais.

O tipo corporal (somatotipo), o sexo, a idade e a altura são fatores que também interferem diretamente no desempenho físico e esportivo e que tem pouca ou zero ação que se possa tomar para alterar os resultados.

Por outro lado, existem as ações que qualquer pessoa pode fazer para buscar a melhora no rendimento físico, que seria, além das observações de pensamentos que podem ser tóxicos ao rendimento, tem o uso da ozonioterapia e também o uso do prp na regeneração dos ligamentos do joelho que podem acontecer durante as práticas físicas.

De toda forma, melhorar o desempenho físico e esportivo é algo que se alcança não só com o aumento das atividades ou com a intensidade dos treinos.

Os melhores resultados também necessitam do trabalho diário com o lado mental e com as opções de tratamento que podem contribuir com bons resultados.

Dicas de como melhorar o desempenho físico e esportivo

Se melhorar o desempenho físico e esportivo não é algo que depende exclusivamente de mais treinos e de mais horas de atividades físicas, então, podemos incluir outros pontos que são importantes nessa construção.

Além de usar a ozonioterapia no tratamento para lesões, desempenho e recuperação de atletas e estar em constante manutenção dos bons pensamentos, outros hábitos também são aconselhados a estar na rotina.

Veja o que você pode fazer diariamente para melhorar o seu desempenho:

Mantenha uma alimentação equilibrada

A alimentação é o ponto-chave para manter uma boa saúde e ter melhor qualidade de vida, mas se tratando da prática de exercícios, algumas indicações mais específicas são importantes ter no radar.

Antes da atividade, por exemplo, é indicado o consumo de alimentos mais leves e que contenham grandes porcentagens de energia, mas o ideal é que essa energia seja absorvida lentamente. Banana, aveia, ovo, e batata-doce são boas opções para um pré-exercício.

Após o treino, além da ingestão de muito líquido, o consumo de carboidratos com alto índice glicêmico e com proteínas de rápida digestão são ótimas alternativas. Peito de frango, legumes, torradas e queijo branco são ótimas opções.

Evite ingerir bebidas alcoólicas

Quando a bebida alcoólica é ingerida com excesso, ela pode ter no organismo a função de interferir no bom funcionamento das funções metabólicas e fisiológicas, o que é muito importante para o desempenho.

Além disso, o álcool também pode interferir no rendimento físico e aumentar as chances de lesões.

Faça exercícios de forma progressiva

A melhora do desempenho físico e esportivo não está relacionado com o quanto uma pessoa consegue necessariamente fazer exercícios com muita intensidade.

Na verdade, a prática de exercícios sempre intensa pode ser prejudicial ao corpo, então, o melhor a se fazer é iniciar de forma leve e aumentar a intensidade ou o ritmo conforme o tempo.

Os resultados irão aparecer mais se as atividades forem feitas progressivamente.

Crie hábitos diários

A melhora dos resultados físicos também tem ligação direta com a forma em que uma pessoa leva a vida diariamente.

Pequenas mudanças de hábitos podem interferir no desempenho físico e esportivo.

Trocar a frequência de alimentos industrializados e calóricos por alimentos ricos em vitaminas e usar a escada e fazer pequenas caminhadas até um determinado local ao invés de usar o carro, por exemplo, são hábitos que contribuem de forma geral para um bom resultado e melhora na qualidade e na disposição diária.

Respeite os seus limites e os períodos de descanso

Fazer longos treinos seguidos sem dar ao corpo a chance do descanso, pode trazer malefícios sérios ao corpo, incluindo graves lesões.

E mesmo que se possa contar com os benefícios da ozonioterapia para cuidar dessas lesões, é importante que o corpo tenha o repouso adequado, até mesmo, como estratégia de aumentar a energia para a prática de atividades e exercícios.

Durma bem

Seguindo as mesmas razões dos períodos de descanso e dos limites, respeitar as horas de sono que o seu corpo precisa para descansar é fundamental.

De 6 a 8 horas é o ideal para que o corpo descanse bem, segundo o Ministério da Saúde, mas observar a forma como o seu corpo reage é o que realmente vai fazer a diferença.

Faça testes para descobrir a quantidade de horas ideais de sono que o seu corpo precisa para realmente estar descansado a cada novo dia.

Adapte os treinos à sua rotina

Às vezes parece simplesmente impossível encontrar um tempo na rotina para se dedicar a alguma prática de atividade física, mas a verdade é que se você usar a dica dada anteriormente de praticar atividade de forma progressiva, o tempo não será necessariamente um problema.

Dez, vinte ou trinta minutos que você tirar no dia já é suficiente para o seu corpo começar a entender e se adaptar a rotina de exercícios.

Encontrar pequenos intervalos é a melhor forma de começar a adaptar os treinos na rotina.

Hidrate-se

A água é extremamente importante para o bom funcionamento do organismo de forma geral. A hidratação garante um bom funcionamento do corpo e ajuda na prevenção de graves doenças, como, por exemplo, a pedra no rim.

E se tratando de atividades físicas, a hidratação se torna ainda mais importante para o rendimento nos treinos e para a recuperação do corpo.

Pratique corrida ou HIIT

Os treinos intervalados e com alta intensidade, conhecidos como HIIT são perfeitos para melhorar o desempenho físico e esportivo da mesma forma que a corrida também é, por isso, sempre que possível invista nesse tipo de exercício.

Porém, importante estar concentrado nos movimentos para não se machucar, pois, mesmo que os efeitos da ozonioterapia após lesões possam ser ótimos e ajudar muito com a recuperação, o interessante é que se alcance a melhora do desempenho sem se ferir.

Buscar diariamente alternativas e dicas para melhorar o desempenho físico e esportivo faz a diferença nesse processo, mas para além de qualquer dica, respeitar os limites do próprio corpo é fundamental.

Assim como observar e cuidar dos pensamentos é tão importante quanto manter a rotina de atividades físicas.

Acompanhe a sua evolução e respeite a adaptação do seu corpo para atingir bons resultados.

E para continuar tendo acesso a dicas de como cuidar da saúde, ter melhor qualidade de vida e melhorar o desempenho físico e esportivo, continue acompanhando as atualizações do blog da Saúde com Ozônio e do site Detox Dr. Ozônio3.

Comentários

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *